Constelação Familiar Sistêmica

A constelação familiar é uma ciência fenomenológica baseada na filosofia de Bert Hellinger onde os membros da família são influenciados pelas ordens do amor: o pertencimento, a ordem e o equilíbrio.
O pressuposto da ordem indica que cada pessoa deve ocupar seu lugar conforme sua ordem de chegada ao sistema familiar, assim têm preferência perante os outros: os mais velhos em relação aos mais jovens (pais em relação aos filhos, avós...), os relacionamentos anteriores como a primeira esposa, os filhos do primeiro casamento e assim sucessivamente.
O viés do pertencimento compreende que todos têm o direito de pertencer à sua família, da forma como são, do jeito que foi e também os que não chegaram a nascer (abortos) e as pessoas vivas ou não.
O equilíbrio é a troca, a dosagem perfeita para a manutenção das relações.
Ao transgredir as leis sistêmicas vários emaranhados surgem e até mesmo permanecem, sendo algum deles: uso de drogas, consumo excessivo de álcool, crimes, compulsão, luto, doenças, rompimento de vínculos, divórcios, falência, depressão, suicídio, conflitos por herança...
O constelador identifica a origem dos emaranhados e passa a ser o canal para que o constelando desobstrua o fluxo do amor.

Para mais informações, entre em contato com nossa equipe.

Atendimento via WhatsApp


ENTRE EM CONTATO